Recentemente estive na encantadora metrópole cidade de São Paulo, aquela rotina enfurecida de paulistanos que trabalham 24h por dia, incansavelmente e que contaminam os mais apaixonados, pelo ritmo que não para.

Fiz vários registros dessa passagem e apesar de já ter ido por diversas vezes , nunca estive em um dos lugares mais visitados e também um dos mais importantes, gastronomicamente falando, o Mercado Municipal de São Paulo.

Costumo dizer que você não conhece verdadeiramente um lugar se você não conhecer a gastronomia do lugar que está visitando e para isso, nada melhor do que conhecer o mercado público da cidade.

O Mercadão, como é carinhosamente chamado pelos paulistanos, foi inaugurado em 25 de janeiro de 1933, mesma data de aniversário da cidade. Com relação a números, o local tem mais de 1.500 funcionários que trabalham diretamente no local, são mais de 350 toneladas de alimentos transportados diariamente e cerca de 300 boxes com os mais diferenciados produtos entre: cereais, enlatados, conservas, carnes, peixes e utensílios. Semanalmente são mais de 50 mil pessoas, entre turistas e clientes que passam pelo mercado.

Como um bom apaixonado pela gastronomia que sou, fiz questão de ir ao famoso Bar do Mané e comer o seu badalado sanduiche de mortadela.

Dezenas de laminas finas de mortadela assadas na chapa com queijo mussarela derretido sobre elas, tudo isso dentro de um pão francês partido diagonalmente.

Aproveitei também para comer o pastel de camarão que vem recheado com bastante catupiry cremoso e muito, muuuito camarão.

Após essa parada deliciosa, continuei a andar e explorar o mercadão e cheguei a outro lugar que também chama muito a atenção dos turistas, que é o mercado de frutas.

A qualidade e variedade dessas frutas é algo tão impressionante como a beleza de um sorriso que trás o desejo de um beijo.

Mas não se deixe enganar pela simpatia dos seus vendedores, que como grande cafetões, após te fazerem deliciar-se com suas iguarias te empurram a faca no “buxo” com uma conta que ao final você vai dizer que nunca mais vai ser feito de trouxa, por isso vale a dica de perguntar primeiro e comer depois.

Então, se você não pretende passar ali, a tarde bebendo, comendo, bebendo, comendo… Então é melhor sair e conhecer mais da cidade, que tem muito para explorar.

Veja essa matéria no You Tube: goo.gl/GbBjpZ

Mercado Municipal de São Paulo

Endereço: R. Cantareira, 306 – Centro, São Paulo – SP, 01103-200
Andartérreo e superior
Horário: de segunda a sábado das 6 as 18h e domingo das 6 as 16h