Por Ilan Margolis
Inaugurado no dia 25 de setembro, no porto do Recife, o Centro de Artesanato de Pernambuco ou CAPe é o primeiro de vários galpões que farão parte da revitalização do Marco Zero e do porto do Recife, que terá além deste Centro, uma nova praça, cinemas, restaurantes, lanchonetes e uma nova plataforma de desembarque marítimo.

Durante a nossa visita, vimos artesanatos de diversas cidades, artistas, estilos e materiais. Algumas obras são de uma delicadeza sublime, enquanto outras, sofisticadas e imponentes.


O valor de cada peça inicia em R$ 1,00 podendo ultrapassar facilmente os R$ 1000,00 as obras de artistas mais conceituados. O local não foi idealizado para população local, ele vai funcionar como uma espécie de Duty Free visando os turistas que terão produtos de todo o estado de Pernambuco logo após o desembarque.


Os artesãos, com suas mãos habilidosas, tranfsormam a madeira, o barro, o tecido, e o que mais tiver de matéria-prima, em verdadeiras obras de arte.

Existe uma área específica para cada tipo de produto, de cama e mesa até quadros e esculturas. Tudo isso com uma deliciosa climatização que convida o visitante a sempre ficar um pouco mais.

A impressão que passou foi que este Centro de Artesanato não veio para competir com a antiga feirinha do Recife Antigo. E sim, agregar uma nova estrutura de diversão e comércio que irá agradar um público acostumado com o conforto dos grandes shoppings.

Desde já, fica o nosso convite para conhecer este belíssimo local que resgata todo o esplendor de uma área há muito tempo esquecida e negligenciada pelo Governo do Estado. Cercado por prédios seculares com arquitatura francesa e pelo parque de esculturas de Brennand, o local é uma boa pedida para um passeio com a família e amigos, principalmente nos finais de semana.

Endereço:
Praça do Marco Zero
Recife Antigo
Horário: todos os dias de 10h às 20h

Posts Relacionados